PIUMHI COMPLETA 152 ANOS NESSA SEGUNDA-FEIRA E O FERIADO ACONTECERÁ DE FORMA ATÍPICA

 

“Piumhi cresceu e se desenvolveu de forma harmoniosa e aconchegante. Aqui fizemos história, e, ao longo desses 152 anos, o apelido “cidade carinho” ganhou sentido. Infelizmente, este ano não comemoraremos o aniversário da cidade como gostaríamos. Com fogos, festas, shows e muitos abraços. Um ano atípico e diferente de todos já vividos. Esta pandemia nos pegou de surpresa e com ela muitas incertezas do que iremos viver nos próximos meses. Mas, ainda sim, o sentimento é de alegria por essa data tão importante. Quero deixar meu abraço a todos que trabalham por nossa cidade, que valorizam nossos produtos e geram sustento às famílias”, descreveu o Prefeito de Piumhi, Adeberto José de Melo (Deco).

Mesmo sem as tradicionais comemorações culturais neste ano, na próxima segunda-feira (20/07), a cidade terá um feriado diferente do outros, devido ao momento de pandemia enfrentado no mundo todo.

A Administração está atendendo todas as recomendações do Ministério da Saúde, e teve que cancelar os próximos eventos que já estavam programados para o ano de 2020.

Como era de praxe, na segunda-feira após o encerramento da Exposição Agropecuária, a população desfrutava da liberação do Parque de Diversões, além de saborear deliciosos cachorros quentes, refrigerantes, pipocas, algodões doces, sem contar o show da dupla Gian e Giovanni que aconteceria na abertura do evento, neste ano.

O feriado municipal atende a Lei Federal 9.093, de 12 de dezembro 1995, que autoriza aos municípios a estabelecerem feriados religiosos os dias de guarda, de acordo com a tradição local.

CIDADE CARINHO
A história de Piumhi inicia-se em 1731, com a descoberta e exploração da região pelo sertanista Batista Maciel, proveniente de São Paulo, que, com a sua bandeira, vasculhou a área à procura de ouro.

Em 1736, a Picada de Goiás cortou a região e foram distribuídas as primeiras sesmarias. Posteriormente, surgiram vários transtornos causados pelos negros aquilombados que invadiram a região. Em 1743, os negros são atacados e a colonização e a mineração foram reiniciadas.

Com a divulgação da descoberta de grande quantidade de ouro, os procuradores da Câmara de São José Del Rei (atual Tiradentes) tomam posse da área e subordinam o arraial e seus distritos à Vila de São José. O arraial prospera e em 1 de Abril de 1841 foi elevada à categoria de vila. Em 20 de Julho de 1868, teve sua emancipação política e passou a categoria de cidade.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com
Aumentar Fonte
Contraste