DOIS CAMINHÕES DE LIXO SÃO RETIRADOS APÓS MUTIRÃO NO BAIRRO JARDIM AMÉRICA

Após a confirmação de ser o Bairro que tem o maior número de casos de dengue esse ano, a Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com o Departamento Municipal de Obras e Transporte, realizou um mutirão de limpeza no último sábado (21), para a eliminação de possíveis criadouros de mosquitos transmissores de arboviroses no Bairro Jardim América.

Ao todo, foram retirados dois caminhões de materiais descartáveis, que poderiam ser caracterizados como criadouros do mosquito da dengue, zica e chikungunya. Durante a ação, os profissionais recolheram vários materiais, como: plásticos, vasilhas e descartáveis.

Devido à quantidade de materiais, o setor de endemias deve continuar o trabalho no restante do bairro, nos próximos fins de semana e enfatiza ainda que, tem realizado muitas atividades de bloqueio de transmissão mais conhecido como fumacê. Este é o quarto mutirão de limpeza que acontece na cidade este ano, na intenção de cuidar da saúde e acabar com os focos de Aedes aegypti.

A Secretaria de Saúde ressalta que, neste momento de reclusão domiciliar, por causa do COVID-19, todos devem se atentar para a limpeza das casas, tendo em vista que, a grande proliferação do mosquito da dengue acontece nas residências.

É importante salientar ainda que a dengue, como as demais doenças transmitidas pelo mosquito, podem matar. Por isso, é tão importante a ajuda da população, na atuação dentro de casa, eliminando os focos.

O Setor de Endemias reforça que devido a esse momento de pandemia do COVID-19, os agentes para evitarem o contato direto com a população estão fazendo a vistoria apenas nos quintais e jardins e demais áreas do peridomicílio, não realizando a vistoria dentro das residências.

“Neste período pedimos um maior comprometimento da população com a limpeza do quintal e atenção principalmente dentro das residências, pois agentes estarão olhando apenas a parte de fora da casa”, afirmou o responsável pelo setor de endemias Luiz Henrique Vieira Mota.

Ele ainda pontuou que os ralinhos de área de claridade podem ser tampados com tela mosqueteiro, as bandejas das geladeiras, pratos com plantas dentro de casa entre outros devem ser controlados pela população nesse período.

PREVENÇÃO

De acordo com o Ministério da Saúde, eliminar garrafas, sacos plásticos, pneus velhos, lonas e outros materiais que ficam expostos à chuva principalmente nos quintais, além de tampar recipientes que acumulam água, como caixas d’água e piscinas, são fundamentais para o controle do mosquito. Medidas bem simples podem prevenir várias doenças.

Seguem as orientações do Ministério da Saúde, para evitar a proliferação do mosquito.

• Tampe os tonéis e caixa d’água.
• Mantenha as calhas sempre limpas.
• Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo.
• Mantenha lixeiras bem tampadas.
• Deixe ralos limpos e com aplicação de tela.
• Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia.
• Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais.
• Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

 

 

Aumentar Fonte
Contraste